Pálpebras caídas e olheiras: blefaroplastia e laser resolvem?

A correção das pálpebras caídas, é muito procurada por pacientes de diversas idades. Ter um olhar rejuvenescido e sem a presença de rugas, é um dos principais objetivos pelos quais a cirurgia das pálpebras é indicada e realizada.

Blefaroplastia com ou sem laser para corrigir as pálpebras caídas?

Os dois procedimentos são indicados para a correção das pálpebras caídas. O que vai mudar na hora do seu cirurgião recomendá-los é o resultado e as possíveis associações com outros tratamentos estéticos.

A blefaroplastia é uma cirurgia plástica que tem como objetivo principal a retirada do excesso de pele e bolsas de gordura da região das pálpebras superiores e inferiores. Depois de examinado o paciente é medida a quantidade de pele que será retirada e, nestas mesmas medidas, é marcada a região dos cortes da cirurgia com caneta dermográfica.

Em seguida, antes dos cortes serem feitos, é infiltrada uma quantidade adequada de anestésico nas pálpebras (anestesia local). A sedação é feita para um maior conforto, pois, ao adormecer, o paciente não sentirá nenhum incômodo da agulha durante a infiltração da anestesia. E para os mais sensíveis, pode ser utilizada a anestesia geral.

Diferentemente do método tradicional, na blefaroplastia com laser o aparelho para realizar a cirurgia é o laser de CO2 fracionado. Moderno e delicado, este equipamento possui duas ponteiras e uma delas é utilizada no início da cirurgia para a realização dos cortes.

A ponteira do laser tem a função de coagular os vasos sanguíneos, ou seja, impede que ocorram sangramentos ao mesmo tempo que são realizados os cortes. Assim, o inchaço e a formação de hematomas no período pós-operatório são bastante reduzidos.

Laser de CO2 fracionado ajuda na correção de olheiras?

Para casos de olheiras escuras, quando a cirurgia é finalizada, o cirurgião pode fazer a troca das ponteiras do laser, substituindo a de corte pela segunda, e realizar o resurfacing ou peeling.

Os termos “resurfacing” e “peeling” significam refazer e descamar, respectivamente. É um processo de renovação da superfície epitelial que acontece com o aumento da produção de colágeno. Assim, como consequência, temos a redução de rugas e poros, redução da flacidez e o clareamento da região das pálpebras, deixando-a novamente com aspecto jovial.

Tire todas as suas dúvidas com seu cirurgião

Aproveite o momento de sua consulta para conversar com seu cirurgião, tirar todas suas dúvidas e entender qual dos procedimentos é o mais adequado de acordo com o seu caso em especial.

  • Share post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agendamentos

Somos uma Clínica Particular, não atendemos
Convênios ou Planos de Saúde.

Os valores de Cirurgias e/ou Procedimentos serão
orçados SOMENTE após a consulta médica.
A central de agendamentos não possui informações sobre valores.

Valor da consulta: R$ 700,00