Blefaroplastia inferior com laser: conheça os benefícios

A blefaroplastia inferior e superior é um dos procedimentos cirúrgicos mais indicados no mundo das cirurgias faciais. A técnica tem como objetivo corrigir o excesso e a flacidez da pele, as bolsas de gordura e melhorar o aspecto dos seus olhos.

Quando o cirurgião, junto ao paciente, decide que a blefaroplastia a laser é a melhor opção para alcançar um bom resultado, o laser CO2 é utilizado para auxiliar no corte da pele durante a cirurgia e logo após no tratamento da pele.

Descubra mais sobre a cirurgia de blefaroplastia a laser inferior!

Como é feita a blefaroplastia inferior?

Você sabe para que serve a cirurgia das pálpebras caídas na região inferior? Basicamente, o procedimento serve para tratar as bolsas de gordura, flacidez ou excesso de pele que estão abaixo dos olhos. Na maioria dos casos, o problema é causado pelos sinais de envelhecimento ou até mesmo por causas genéticas e falta de cuidado com o rosto.

A cirurgia plástica no rosto na região das pálpebras inferiores pode ser realizada das seguintes maneiras: blefaroplastia transconjuntival, a laser, blefaroplastia miocutânea ou cutânea.

A primeira opção é indicada para solucionar o problema dos casos em que é necessário retirar apenas as bolsas de gordura. A técnica é feita sem precisar realizar cortes na pele, já que a gordura é retirada pelas conjuntivas, por isso não há problemas com a cicatriz da blefaroplastia.

Quando, além das bolsas de gordura, existe flacidez de pele pode ser feito a blefaroplastia a laser, a incisão é feita na linha dos cílios, dessa forma as cicatrizes são praticamente imperceptíveis. Com o auxílio do laser a cirurgia é menos complicada, bem como a recuperação do paciente.

Como fazer drenagem linfática após blefaroplastia?

Assim, como é importante seguir o pré-operatório prescrito pelo médico para ter uma cirurgia feita com sucesso, é extremamente necessário seguir as orientações do pós-operatório para chegar no tão sonhado resultado.

Um dos vários recursos que os médicos, geralmente, recomendam aos pacientes são as sessões de drenagem linfática facial.

A drenagem é responsável por evacuar os dejetos naturais do metabolismo celular. Os líquidos são retirados por meio dos movimentos suaves e da pressão, promovendo a oxigenação dos tecidos e a nutrição das células, além disso ajudam a diminuir os edemas que aparecem após a cirurgia.

Proporcionam um conforto maior ao paciente, eliminando os possíveis incômodos, inclusive aceleram a cicatrização da blefaroplastia e o processo de recuperação é mais seguro.

Informe-se com seu cirurgião para verificar em quanto tempo você está liberado para fazer a drenagem linfática facial. Geralmente, é recomendado fazer as sessões por, pelo menos, três meses após a blefaroplastia.

Onde fazer blefaroplastia a laser em São Paulo?

Se interessou pela blefaroplastia inferior? Procure por um médico-cirurgião especialista em cirurgias plásticas faciais, como o Dr. Rogério Leal, para alcançar o melhor resultado.

 

  • Share post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agendamentos

Somos uma Clínica Particular, não atendemos
Convênios ou Planos de Saúde.

Os valores de Cirurgias e/ou Procedimentos serão
orçados SOMENTE após a consulta médica.
A central de agendamentos não possui informações sobre valores.

Valor da consulta: R$ 700,00